Tecnologia
 
 
      ILSA Brasil possui a mais moderna tecnologia, desenvolvida na Itália pela ILSA spa. Os resíduos de couro curtido são hidrolisados em reatores especiais, num ambiente controlado, com alta temperatura e alta pressão, promovendo sua transformação em gelatina.
 
   
Reator para o processo de hidrólise térmica.
 
Reator para o processo de hidrólise enzimática.
   
 

     Em seguida, a gelatina passa por um processo de secagem, a uma temperatura controlada, onde é estabilizada e sucessivamente enviada para peneiramento, obtendo adubos orgânicos, com diferentes granulometrias, prontos para expedição. O processo não utiliza produtos químicos e atende todas as exigências ambientais.

 


    Pesquisa
 
 
     O Grupo ILSA dispõe de um Centro de Pesquisa próprio, na Itália, que conta há muitos anos, com a colaboração das mais importantes universidades italianas, alemãs e norte-americanas.

 
   
     
 
     ILSA Brasil desenvolve projetos de pesquisa no Brasil e na Itália, em cooperação com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul e da Universidade de Bolonha.